Jóni Brandão luta pela vitória na Volta ao Alto Tâmega

A EFAPEL está na luta pela vitória da primeira edição da Volta ao Alto Tâmega. Jóni Brandão envergou a camisola amarela no final do prólogo e hoje não a manteve na sua posse por um segundo apenas. Com duas etapas amanhã, o atleta da formação Ovarense está na luta e pode ser o vencedor da competição.

A EFAPEL entrou bem nesta corrida. No prólogo disputado em formato de contra-relógio por equipas, a estrutura liderada por Américo Silva foi a mais forte. A diferença feita valeu a camisola amarela a Jóni Brandão, o primeiro a cruzar a meta.

Já hoje, o pelotão enfrentou uma etapa com mais de 200 quilómetros que terminou no alto da serra de Larouco, com uma contagem de primeira categoria. Jóni Brandão perdeu oito segundos para Amaro Antunes que assumiu o primeiro lugar com um segundo de vantagem para o corredor da EFAPEL. “Procurei minorar as perdas e consegui manter-me na luta pela vitória nesta volta”, afirmou Jóni Brandão no final da etapa.

Amanhã, a Volta ao Alto Tâmega tem duas etapas. A primeira disputa-se entre Valpaços e Ribeira de Pena, numa distância de 75,4s. À tarde, o pelotão percorre 56,1 km com partida e chegada em Vila Pouca de Aguiar.

Comments are closed.