Volta ao Alentejo marca o regresso da equipa a corridas por etapas

De amanhã até domingo, dia 18, a Equipa EFAPEL vai pedalar por estradas alentejanas. É a 36ª edição da Alentejana que marca o regresso da formação a provas por etapas, o que não acontecia desde o mês passado, quando participou na Volta ao Algarve.

O objectivo da Equipa EFAPEL é discutir sempre os primeiros lugares, apesar do perfil desta edição ser diferente dos anos anteriores. “Nas últimas edições, com as bonificações, todos os dias eram decisivos e os corredores mais rápidos podiam pensar na vitória final. Desta vez não vai ser assim e o dia mais importante para essa decisão é o penúltimo”, disse Américo Silva.

A Volta ao Alentejo começa na quarta-feira com a etapa entre Vendas Novas e Serpa. Os primeiros três dias poderão ser para sprinters. O destaque desta edição vai para o sábado, dia 17. Chegado aí, o pelotão vai ter duas etapas. A primeira de manhã, com 65 quilómetros e duas montanhas já perto da meta. À tarde realiza-se um curto mas duro contra-relógio individual em Castelo de Vide. A Volta ao Alentejo termina no domingo, com a etapa entre a vila conhecida como Sintra do Alentejo e Évora.