Rafael Silva sobe duas posições

A terceira etapa do Grande Prémio Portugal Nacional 2, prova que percorre a estrada mais longa da Europa, promoveu Rafael Silva à sétima posição da classificação geral individual. Entre Pedrogão Grande e Montargil, o pelotão internacional pedalou durante quase 150 quilómetros a uma média superior a 42 km/h. No final, a vitória foi discutida ao sprint. Rafael Silva fechou em 11º no dia em que Oscar Pelegri foi quem ganhou. Raul Alarcon continua de amarelo.

Com a conclusão do terceiro dia de competição desta nova prova do calendário velocipédico nacional, Rafael Silva está a 3m01 segundos do líder, enquanto a nível colectivo, a Equipa EFAPEL também está em crescimento e ocupa o quarto posto.

Amanhã realiza-se a quarta e penúltima etapa do Grande Prémio Portugal Nacional 2. Sempre no Alentejo, o pelotão pedala 159,7 quilómetros, numa etapa em que não há montanhas categorizadas. A partida será em Montargil, às 11 horas, enquanto a chegada está marcada para Aljustrel.