Rafael Silva no top-ten da segunda etapa na N2

Mais uma etapa, mais uma fuga a vingar. O segundo dia de competição do Grande Prémio da Estrada Nacional 2 ficou marcado pela vitória de um ciclista espanhol, que chegou isolado a Pedrogão Grande. No primeiro grupo, Rafael Silva voltou a ser o melhor representante da Equipa EFAPEL na linha de meta.

Sexto classificado no segundo dia de corrida, Rafael Silva esteve entre os mais fortes que pedalaram os 177,2 quilómetros entre Castro Daire e Pedrogão Grande. O ciclista da formação liderada por Américo Silva chegou integrado no grupo que perseguiu o vencedor e no qual terminaram, também, Bruno Silva e Sérgio Paulinho.

Com este resultado, Rafael Silva subiu na classificação geral individual. Está, agora, no nono lugar, a 3m02s do camisola amarela, Raul Alarcon. A terceira etapa marca a chegada do pelotão ao Alentejo. Pela frente, os ciclistas têm 144,1 quilómetros. A partida está marcada para a localidade onde esteve a meta de hoje, Pedrogão Grande, e a chegada estará montada em Montargil.