Efapel já começou a trabalhar nova temporada com o primeiro estágio pré-época

Entre 29 de novembro e 1 de dezembro, Ovar recebeu o primeiro estágio pré-época da Efapel. Três dias “em casa” que marcaram o contacto inicial entre o plantel para 2019 e todo o staff, bem como a planificação da nova temporada.

Sérgio Paulinho, Rafael Silva, Bruno Silva, Pedro Paulinho, Marcos Jurado, Henrique Casimiro (renovações), o espanhol Antonio "Chava" Angulo, o uruguaio Fabricio Ferrari, o búlgaro Nikolay Mihaylov (os três novos elementos da equipa) e o líder Jóni Brandão, que regressa dois anos depois. São eles os 10 corredores que vão para a estrada na nova época e que passaram os primeiros três dias juntos, bem completos e preenchidos, sendo a primeira experiência que envolveu o grupo e permitiu conhecerem-se melhor.

As atividades reservadas para os 10 corredores foram todas na base do trabalho de grupo, espírito de equipa e entreajuda, com o objetivo de criar laços e bom ambiente dentro do conjunto. A união é o espelho do êxito da Efapel na estrada, um fator que distingue a equipa de Ovar e a torna única na competição.

Ao assinalar o primeiro contacto entre todos os envolvidos na temporada que vai começar, este estágio foi o momento que serviu também para colocar em prática o lema Efapel: “Por um companheiro de equipa dar 100%, por um amigo dar tudo”. Uma filosofia de trabalho característica da equipa, que podendo não ser a mais forte individualmente, coletivamente é reconhecida pela sua genuína entrega. O segredo é “transpor tudo isto para a competição e os resultados vão aparecer naturalmente”, explicou Américo Silva, diretor desportivo da Efapel.

Do programa de atividades fez parte treino de BTT e de estrada, avaliação médica, exames médicos e alguns jogos coletivos.

Para Américo Silva, “o primeiro estágio da temporada é muito importante porque é a altura onde planificamos a época e temos um primeiro contacto com os novos elementos. É também onde passamos as nossas diretrizes, daquilo que pretendemos de cada um e da forma de ser e de estar da nossa equipa”.

Para 2019 é também objetivo da formação profissional de Ovar trabalhar numa imagem inovadora e diferente, que a breve trecho será apresentada ao ciclismo nacional, para que todos possam reconhecer a estrutura Efapel como um exemplo a seguir.