Fábio Fernandes no 5.º lugar da Volta a Portugal de Juniores

Fábio Fernandes, da EFAPEL – Escola de Ciclismo de Ovar, terminou na 5.ª posição da Geral Individual a 14.ª Volta a Portugal de Juniores, após ter concluído o prólogo que inaugurou a competição e a 1.ª etapa em linha com a Camisola da Juventude vestida, por ser o melhor Júnior de 1.º ano nestas duas jornadas, comandando assim a Geral da Juventude dois dias. Nesta classificação terminaria este domingo no 2.º lugar, ficando apenas a 12 segundos do líder. Já coletivamente a EFAPEL conquistou o 11.º lugar da Geral por Equipas, das 21 formações que chegaram ao final da competição.

“Foi a minha primeira Volta a Portugal neste escalão e que dura que foi! Embora não tenha conseguido trazer a Camisola da Juventude para casa, fico bastante contente pelo 5.⁰ lugar à Geral conseguido nesta competição com pelotão internacional. Foram quatro dias bastante complicados em cima da bicicleta, no entanto, de grande aprendizagem. Um agradecimento especial à minha equipa, que tudo fez para me deixar nas melhores condições para que pudesse disputar os lugares cimeiros desta grande prova. Obrigado a todos”, adiantou Fábio Fernandes.

Já Jorge Henriques, diretor da Escola de Ciclismo da EFAPEL, destacou “todo o trabalho desenvolvido pela equipa, cumprindo as indicações técnicas e tendo como resultado um bom desempenho de forma global, que se reflete no trabalho sério de cada um e do todo”.

No seu ano de estreia nesta categoria e depois de no fim-de-semana anterior ter-se consagrado Campeão Nacional de Contrarrelógio, Fábio Fernandes conseguiu uma excelente prestação ao terminar quinta-feira, 22 de agosto, o Prólogo inicial da 14.ª Volta a Portugal de Juniores na 2.ª posição.

Os 5,6 km de luta contra o cronómetro disputaram-se sob um calor sufocante, num percurso exigente, sobretudo na segunda metade da corrida, toda em falso plano ascendente, com uma fase final em empedrado, que ainda endureceu mais a prova. No resumo do dia, a EFAPEL vestia a Camisola Branca líder da Juventude e a equipa ocupava a 3.ª posição da Geral.

Sexta-feira, dia 23, a 1.ª Etapa em linha era de novo disputada debaixo de um calor intenso. Os jovens ciclistas partiram de Celorico da Beira em direção a Mêda, onde estava instalada a meta final ao cabo de 118,2 km. Num percurso bastante sinuoso e de constante sobe e desce, a passagem por Pinhel foi dramática para a EFAPEL. Após a passagem da primeira Meta Volante do dia, em que Diogo Almeida passou na 2.ª posição, foi vitima de uma queda que deixou bastantes mossas. No entanto o corredor prosseguiu em corrida. Quando Diogo estava a receber assistência, Vasco Teixeira sofria também uma queda 200 metros mais à frente, numa descida, quando seguia a mais de 70 km/ hora e foi levado para o hospital, perdendo a equipa um elemento chave para o desenvolvimento da estratégia na corrida.

O calor foi sem dúvida o principal adversário, visível pelos sinais de desidratação de muitos atletas no pelotão. Na etapa, Diogo acabaria por ser 5.º e Fábio Fernandes 10.º classificado, mantendo a sua Camisola Branca, símbolo da Juventude. Diogo Almeida subia à 9.ª posição da Geral.

Sábado trouxe a 2.ª Etapa em linha – 130 km entre Figueira de Castelo Rodrigo e Sabugal –, longa para esta categoria etária e que ficou marcada por múltiplos ataques, mais uma vez sob calor intenso. Mas a temperatura da corrida só aqueceu verdadeiramente nos últimos 30 km, após a primeira passagem pela meta. Nesta altura os atletas da EFAPEL estiveram sempre entre os primeiros numa tentativa de guardar a posição de Fábio Fernandes. Contudo, a 20 km do final, entre várias tentativas de fuga e algumas quedas e avarias, isolaram-se alguns corredores de onde viria a surgir o vencedor do dia e novo líder.

Fábio Fernandes ainda tentou a sorte ao atacar na montanha, mas o líder e seus companheiros tudo fizeram para anular a iniciativa, chegando o Júnior da EFAPEL na 10.ª posição na linha de meta. Após a etapa desceu à 4.ª posição da Geral e perdeu a liderança da Juventude.

Domingo, dia 25, correu-se a 3.ª e última etapa, com ligação entre Fornos de Algodres e Seia na distância de 112,1 km. Foi uma etapa bastante seletiva, que pelo caminho contou com seis Prémios de Montanha que levaram à formação de várias fugas ao longo da corrida. Fábio Fernandes seria o mais veloz da equipa, terminando esta etapa-rainha na 4.ª posição.

 

CLASSIFICAÇÕES:

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL – CAMISOLA AMARELA

1.º André Domingues (Escola de Ciclismo Bruno Neves), 09h59m01s

5.º Fábio Fernandes (EFAPEL – Escola Ovar), a 48s

36.º Diogo Almeida (EFAPEL – Escola Ovar), a 07m08s

74.º Pedro Afonso (EFAPEL – Escola Ovar), a 28m19s

80.º Gonçalo Martins (EFAPEL – Escola Ovar), a 30m28s

90.º Ricardo Simões (EFAPEL – Escola Ovar), a 33m47s

DNF Vasco Teixeira (EFAPEL – Escola Ovar)

DNF Samuel Oliveira (EFAPEL – Escola Ovar)

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL JÚNIOR 1.º ANO – CAMISOLA BRANCA

1.º Steven Bayona (Team Ingenieria de Vias - Monsalud), 09h59m37s

2.º Fábio Fernandes (EFAPEL – Escola Ovar), a 12s

26.º Pedro Afonso (EFAPEL – Escola Ovar), a 27m43s

30.º Gonçalo Martins (EFAPEL – Escola Ovar), a 29m52s

36.º Ricardo Simões (EFAPEL – Escola Ovar), a 33m11s

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS

1.ª Team Ingenieria de Vias - Monsalud, 330h00m49s

11.ª EFAPEL – Escola Ovar, 24m41s

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL PONTOS

1.º Tijs Verstappen (Maes CT Glabbeek), 16 Pontos

10.º Diogo Almeida (EFAPEL – Escola Ovar), 5 Pontos

11.º Fábio Fernandes (EFAPEL – Escola Ovar), 4 Pontos

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL MONTANHA

1.º João Silva (Bairrada), 20 Pontos

17.º Fábio Fernandes (EFAPEL – Escola Ovar), 1 Ponto

 

 

Escola da EFAPEL na estrada durante o fim-de-semana

Amanhã e domingo sai para a estrada o XX Troféu Alves Barbosa, primeiro realizado depois do falecimento do patrono da corrida, que vai juntar os Cadetes da EFAPEL aos restantes corredores portugueses dos 14 aos 16 anos, que vão fazer parte do pelotão, aos quais se juntam também ciclistas espanhóis.

A corrida começa sábado, dia 31, às 15 horas com uma etapa de 79 km entre Montemor-o-Velho e Águeda. Domingo surge a segunda tirada, marcada para as 10 horas, com uma ligação de 65,4 km de Arazede a Montemor-o-Velho.

Também amanhã vai ser disputado na Lousada o 2.º Grande Prémio de Ciclismo Macieira, com provas durante a tarde.

 

FOTO: UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo (por João Fonseca)

Comments are closed.